Ooh Rio

Ooh Rio – Outdoor

Mídia Outdoor no Rio de Janeiro, Capital, Região Metropolitana, Região dos Lagos, Região Serrana, Costa verde, Baixada Fluminense, Zona Norte, Zona Oeste, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Magé, Rio Bonito, Silva Jardim, Guapimirim, Teresópolis, Cachoeira de Macacú, Sepetiba, Guaratiba, Cosmos, Além Paraíba, Aperibé, Apiacá, Bom Jesus de Itabapoana, Bom Jesus do Norte, Armação dos Búzios, Rio das Ostras, Barra de São João,

Macaé, Campos dos Goytacazes, São João da Barra, Cardoso Moreira, Guacuí, Italva, Itaocara, Itaperuna, Raposo, Laje do Muriaé, Muriaé, Mimoso do Sul, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá, São José do Calçado, São Fidelis etc. Solicite já!

Screenshot_20190612-160307_WhatsApp.jpg

Mídia Off, Mídia Urbana, Ooh Rio, REMARKETING

Ooh Rio, Capital, Anywhere, Everywhere, on the road.

Cobertura de Mídia nas modalidades de outdoor, Bancas de JornaisBusdoor, Mobiliário UrbanoPainéis de Led, Front Light, Mega Painéis, Estradas, Rodovias, Ponte Rio, Niterói, Rio de Janeiro, Capital, Litoral, Região Metropolitana, Região dos Lagos, Região Serrana, Costa Verde e Interior. Solicite: comercialmidiaurbana@gmail.com

 

Solicite Já sua cobertura ooh com a Mídia Urbana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Outdoor Via Lagos
Mídia Outdoor, Mídia Urbana, Mídia Urbana Litoral do Rio, Região dos Lagos, Mega Outdoor, Ooh Rio

Ooh, Outdoor Rio, Capital, Região dos Lagos, Litoral, Região Metropolitana.

Outdoor Via Lagos
Rj 124 km 36, Via Lagos

Outdoor e Mega Outdoor´s distribuídos ao Longo da Rodovia Rj 124, conhecida como Via Lagos, e demais Rodovias e Avenidas de grandes fluxos de veículos como: Rodovia Amaral Peixoto, Rj 106, Rj 104, Br 101, Niterói Manilha, Av. Brasil, Rodovia Presidente Dutra, Linha Vermelha etc. Solite já pelo comercialmidiaurbana@gmail.com

Mídia Off, Mega Outdoor, Ooh Rio, Outdoor Rio

Ooh Litoral do Rio, Capital e Região Metropolitana

Mídia Urbana possui a melhor cobertura no Litoral do Rio de Janeiro, Zona Sul, Barra, Recreio, Região dos Lagos, Via Lagos. Solicite Já sua Cobertura. comercialmidiaurbana@gmail.com

MEGA OUTDOOR LITORAL DO RIO
MEGA PAINEL VIA LAGOS SENTIDO SÃO PEDRO DA ALDEIA, CABO FRIO, BÚZIOS
Mídia Off, Mídia Urbana, Ooh Rio, Outdoor Rio, REMARKETING

Ooh Mídia e suas Vantagens de Remarketing.

Alguma das vantagens de anunciar em mídia outdoor por todos os lugares no Brasil

Uma modalidade bem atraente, quando falamos em verba de midia, posicionamento, Impácto e Remarketing.

1 – Quanto se trata de campanha em várias praças do Brasil, o ideal, é que a agência contrate empresas ooh especializadas em distribuição offline, cross media e check-in.

  • As empresas ooh, já tem todos os trâmites necessários para agilizar, colocar no ar e na sequência enviar os check-ins das campanhas pontualmente,  pois já atuam full time nesse segmento a vários anos.

2 –Custo Benefício, 

Valores de veiculação e produção com custo benefício super interessante em relação outras mídias como Rádio, TV, Revista, Jornais.

3- Impacto.

Ter sua Marca exibida estrategicamente em modalidades ooh de grande formato, posicionadas em locais escolhidos de acordo com o breafing do cliente.

OOH - OFFLINE - MIDIA URBANA

4 – Remarketing ooh

Lembrança da mídia. Uma experiência incrível, quando passamos por alguns lugares e nos deparamos com um outdoor´s veiculando mensagens onde ficamos surpreendidos com determinadas promoções ou imagens que exibam e sugiram tipos de comida, que nos deixam com água na boca. Logo a seguir podemos ver a mesma marca, apresentando outro produto em promoção, continuando mais a frente, uma modalidade fixada no vidro traseiro do ônibus, chamada de busdoor, em belíssima apresentação nos faz lembrar da propaganda que vimos no momento anterior.

Mais adiante no próximo quarteirão, o futuro consumidor, visualizará outdoor’s fixados nas costas das bancas de jornais, informando que a nova loja XYZ, fica a 100 metros, na rua Epitácio Pessoa n° xxx.

O futuro cliente poderá se direcionar a loja, estacionar o seu veículo e ser impactado por totens digitais e  painéis de led, essas mídias, podem informar aonde fica o comércio, suas promoções diárias, semanais, super descontos arrasadores, e muito mais.

Chegando na loja, o cliente, será impactado ainda por monitores, banners da marca com imagens etc.

Desta maneira é estimulado a lembrança de mídia em determinados  produtos, serviços e da marca em si. Quando os mesmos clientes,  visualizam várias vezes o mesmo nome, através de experiências visuais.

5 – Cobertura de Mídia e Periodicidade.

Ooh Rio, litoral
Outdoor, Mega Outdoor Rio, Região Metropolitana, Região dos Lagos, Serrana, Costa verde e Interior.

Quando visualizamos a marca, o produto ou o serviço em vários pontos diferentes e distribuídos pelos principais bairros ao mesmo tempo, por períodos que podem variar sua veiculação em diárias, semanais, bi-semanais, mensais, trimestraies etc.

6 – Ter uma boa apresentação no visual da imagem, tipografia, elaboração das mensagens publicitárias, ajudam muito, e é essencial para se ter um ótimo resultado em sua campanha.

Solicite já comercialmidiaurbana@gmail.com

Futuro, Mídia Off, Mídia Urbana

Anúncios no céu noturno até 2021

A startup russa StartRocket diz que quer exibir anúncios enormes em estilo billboard no céu noturno usando arrays de cubesats, uma visão que ilustra em um vídeo conceitual apresentando o que parecem ser os logotipos McDonald’s e KFC pairando no céu como novas constelações.

Segundo o líder do projeto, Vlad Sitnikov, essa mercantilização do céu noturno é o próximo passo lógico da publicidade.

“Somos governados por marcas e eventos. O Super Bowl, Coca-Cola, Brexit, as Olimpíadas, Mercedes, FIFA, Suprema e o muro mexicano. A economia é o sistema sanguíneo da sociedade. Entretenimento e publicidade estão em seu coração. Vamos viver no espaço , e a humanidade começará a entregar sua cultura ao espaço. Os pioneiros mais profissionais e experientes o tornarão melhor para todos. ”

Ad Hoc
A StartRocket anunciou que vai lançar o que chama de Orbital Display até 2020, e começará a exibir anúncios no céu noturno até 2021. Seus cubesats irão orbitar a uma altitude entre 400 e 500 quilômetros e só serão visíveis a partir do solo por cerca de seis minutos de cada vez, disse um representante da empresa.

A empresa não compartilhou quanto um anúncio espacial poderia custar, mas uma plataforma enviada ao Futurismo opinou que as marcas pagarão pelos anúncios porque o “ego é mais brilhante que o sol”.

Randy Segal, um advogado especializado em leis de satélites e satélites na firma Hogan Lovells, disse que o projeto pode ser tecnicamente viável, mas que a StartRocket pode se deparar com obstáculos regulatórios em todo o mundo.

“É tecnologicamente possível? Sim – disse Segal. “É algo que os reguladores permitirão? Questionável.”

Segal disse que é provável que a empresa permita que determinadas jurisdições solicitem que os satélites não exibam sobrecarga de anúncios. O principal desafio regulatório que a empresa pode enfrentar, ela previu, seria se seus satélites interfeririam na segurança da aviação.

O conceito não é sem precedentes, destacou Segal. Uma startup japonesa planeja lançar um par de microssatélites que dispararão, no comando, estrelas cadentes artificiais.

Outdoor
É fácil imaginar o clamor público com a idéia de marcas seqüestrando o céu noturno como mais imóveis de marketing.

Mas Alexey Skorupsky, outro membro da equipe StartRocket, reagiu a essas críticas. Ele apontou para a companhia neozelandesa que lançou uma bola de discoteca em órbita no ano passado, um movimento que aborreceu os cientistas – embora, disse Skorupsky, isso só fosse visível por alguns minutos de cada vez. Segundo o sócio da empresa de outdoors Standout, Leonardo Martins de Almeida, a idéia é ousada, interessante porém deve causar muita poluição visual e perturbar a natureza.

“Acho que os cientistas podem usar esse tempo para fazer xixi ou tomar um café”, disse Skorupsky.

E no final, ele argumentou, a comercialização do espaço é inevitável.

“Se você perguntar sobre publicidade e entretenimento em geral – os odiadores vão odiar”, disse Skorupsky. “Estamos desenvolvendo um novo meio. No advento da televisão, ninguém adorava anúncios. Oriundo do Futurismo.